Resistência à Corrosão

Os tubos HOBAS não conduzem eletricidade e não são suscetíveis à ataques causados por ácidos, alcalinos e sais. Existe uma correlação direta entre a resistência dos tubos HOBAS e a qualidade de resina usada. Resinas padrão garantem que os sistemas sejam próprios para a qualidade atual de águas residuais. Elas possuem um valor de pH de 1 a 10 e uma temperatura máxima permanente de 35°C. A qualidade padrão (VA) também é resistente aos efeitos de ácido sulfúrico biogênico, que ocorre em grandes esgotos com longos períodos de retenção.

Resinas especiais podem ser usadas para atender às maiores exigências como, por exemplo, em aplicações industriais (veja as classes de resistência). Revestimentos de proteção ou acabamentos não são necessários. A corrosão galvânica pode ser excluída.

Teste de Corrosão Sob Tensão

Um teste usado para determinar como os tubos PRV reagirão no campo é o teste de corrosão sob tensão, que verifica a fissuração por corrosão de tensão. As amostras são submetidos tanto a cargas físicas (design estrutural) quanto a cargas químicas (meio), isto é, o tubo é mantido em uma solução de ácido sulfúrico de forma defletida. Os resultados do teste padronizado de acordo com a ASTM 3681/3262 (Sociedade Americana de Ensaios e Materiais) são conclusivos, porque o teste é conduzido em uma seção de tubo em uma escala de 1:1. Portanto, ele reflete as aplicações práticas sob condições mais extremas de forma mais semelhante possível, sem exigir testes desnecessários para critérios individuais, que também podem ser contraditórios no caso de compostos. Quando esse procedimento de teste é executado, os tubos HOBAS mostram um alto nível de tensão da fibra graças, principalmente, à estrutura da parede obtida com o nosso processo de produção. Uma camada de revestimento livre de fibra de vidro e com, no mínimo, 1 mm de espessura e uma parede de tubo livre de espaços e altamente compactada garantem a alta resistência à difusão. Nós temos conduzidos esses testes durante muito tempo nas plantas europeias, nos Estados Unidos e na Austrália. Com base na vida útil de acima de 50 anos, os tubos HOBAS alcançam um nível de tensão da fibra de, no mínimo, ε=1.1%. Como resultado, os tubos HOBAS possuem altas margens de segurança química quando cargas externas são aplicadas.